Nossa Igreja é uma comunidade com mais de 65 anos de fundação. Após alguns anos de traumas e problemas, chegou a ter cerca de 35 pessoas frequentando os cultos. Em abril de 2006 começou um novo tempo de reconstrução e restauração com a chegada do Pr. Eduardo Bortolossi e sua família. Hoje, a Igreja tem mais de 2 mil membros e uma frequência semanal que ultrapassa o número de 3 mil pessoas.

A IBIS é uma Igreja para todos. A nossa visão é ser uma Igreja saudável para toda a família. Lutamos pela saúde da família dentro dos padrões bíblicos. Entendemos que as pessoas são imperfeitas e precisam de ajuda para a recuperação e transformação.

Por sermos uma Igreja de fortes convicções, não negociamos questões fundamentais com relação à nossa visão, missão, valores e propósitos.

Acreditamos que uma Igreja saudável possui:

1) Pessoas que são dirigidas por propósitos – Nossa Igreja se move pelos propósitos bíblicos da adoração, comunhão, discipulado, ministério e missões. Esses propósitos são o norte da nossa vida e ministério. Por isso, em tudo o que realizamos, buscamos praticar este sentido de vida que Jesus ensinou (Mateus 22.34-40 e 28.19-20).

2) Pessoas biblicamente saudáveis – Como cremos na Bíblia como regra de fé e prática, não aceitamos rótulos de sermos conservadores, nem liberais, pentecostais ou tradicionais. Queremos ser equilibrados e bíblicos. Cremos que a Bíblia é a nossa base de vida (Mateus 22.29).

3) Pessoas que permanecem em pequenos grupos – Acreditamos que só é possível viver a verdadeira comunhão, ser fortalecido, acompanhado e pastoreado com qualidade através de pequenos grupos. Por isso, o nosso GD (grupos de discipulado) é o coração da Igreja, onde os nossos membros são ministrados, cuidados e acompanhados individualmente.

4) Pessoas que entendem que o evangelismo precisa ser contextualizado – Entendemos que para ganhar todos os tipos de pessoas, precisamos evangelizar de todas as formas, indo onde o povo está, seja no carnaval, ruas, zona de prostituição, esportes, etc. Nossa missão é resgatar todas as pessoas e por isso seguimos o que a Bíblia diz em 1Coríntios 9.22.

5) Pessoas que entendem que cada membro, ministro e pastor tem um papel diante do rebanho – O pastor titular da Igreja ama a todos, pastoreia para todos e ora por todos, mas porque ele é humano e possui uma agenda intensa, não consegue dar atenção exclusiva a todos, ir a todos os eventos, fazer todas as visitas, casamentos, guardar nomes de todos e atender todas as expectativas. Por isso, a membresia entende que a Igreja é liderada por uma equipe pastoral onde todos são importantes para Deus e cada um tem funções diferentes no cuidado e edificação do rebanho.

6) Pessoas que participam e se envolvem nos ministérios – Nossa Igreja segue os princípios bíblicos da Igreja do Novo Testamento e assim trabalha com ministérios e dons espirituais e não com cargos e comissões. Por isso nossa membresia é incentivada a descobrir seu dom espiritual e fluir nos diversos ministérios destinados a edificar e abençoar todos os frequentadores.

7) Pessoas que valorizam os eventos – Os eventos não são um fim na Igreja, eles são o meio para alcançarmos os fins. Os eventos são pontes para alcançarmos os sem Jesus ou treinamentos para a edificação de vidas.

parallax background